Quase 8 entre 10 cidades brasileiras não têm unidades de terapia intensiva uma realidade que o Fantástico mostrou neste domingo (15)

Há 55 mil leitos para 204 milhões de habitantes. Problema é o desequilíbrio na distribuição e oferta de vagas entre os setores público e privado. 

Com Informações do Fantástico

O Fantástico denuncia a imensa desigualdade da distribuição dos leitos de UTI no país. Há 55 mil leitos para 204 milhões de habitantes. O problema é o desequilíbrio na distribuição: 77% dos municípios brasileiros não têm nenhum leito, enquanto as regiões metropolitanas concentram 74% das vagas para tratamento intensivo (SUS e particulares).

Há desequilíbrio também na oferta de vagas entre os setores público e privado. O SUS conta com 2,5 leitos para cada 10 mil habitantes, enquanto no sistema particular este número é de 6 para cada 10 mil habitantes. 

Assista na reportagem do fantástico uma realidade que afeta todo o Brasil.


Falta de UTI por DestaknewsBrasil