Polícia Militar aprende drogas no bairro Lajinha em Formiga


(Fotos Polícia Militar/Divulgação)

Mulher é presa nesta segunda (23), após militares receberam denúncia anônima de que estaria ocorrendo um intenso tráfico de drogas e que o autor seria um indivíduo de nome A. S. B, conhecido no meio policial por Lekao, já conhecido por seu envolvimento com o tráfico de drogas e mandado de prisão em seu desfavor. Os militares chegaram ao endereço alvo da denúncia, momento em que os moradores da residência, apareceram na janela dos fundos, os militares se identificaram e deram ordem expressa para o autor não tentar qualquer reação. Desobedecendo as ordens do policial militar, o autor saltou da janela de posse de um facão, com aproximadamente 50 cm de lamina, e desferiu um chute no militar. Neste momento, outro militar, percebendo que o autor estava de posse do facão e tentava contra a integridade física do militar, desferiu dois disparos para cessar a injusta agressão. Ato continuo, o autor jogou o facão ao solo e saiu em fuga, porém os militares não tinham a certeza que o autor teria sido atingido pelos disparos.  No momento da fuga, o autor deparou com outro militar, que também tentou agredir, sendo necessário o uso de munição de elastômero para evitar as agressões, foram efetuados 03 disparos de munição não letal. Mesmo assim, o autor conseguiu evadir, embrenhando-se num matagal. Sabendo da denúncia de tráfico de drogas, os militares entraram na residência, onde encontraram a companheira do autor e seu filho de 2 anos. Os militares perguntaram se havia drogas na residência, a mesma relatou que não sabia de nada. Realizada busca no imóvel, foi encontrado ao lado da geladeira uma certa quantidade de substancia análoga a crack e uma certa quantidade de substancia análoga a cocaína e saquinhos para embalar drogas. Novamente os militares constatando que a mulher parecia bastante nervosa com a situação, dando a entender que poderia estar escondendo algo dos policiais. Foi quando, ao determinarem que a suspeita balançasse sua blusa, caíram ao solo 19 papelotes de substancia análoga a cocaína, prontas e embaladas para o comércio. Foi proferida voz de prisão a autora pelo crime de tráfico de drogas. Celulares e o facão utilizado pelo autor foram apreendidos. Autora e drogas encaminhados para a delegacia de polícia civil. Segue rastreamento na tentativa de realizar a prisão do autor foragido.