Mulher é baleada 24 vezes e morre no lugar do namorado em Contagem

Amigo do casal também foi atingido; já o alvo do disparos conseguiu se esconder e não teve nenhum ferimento

Jornal O Tempo

 

No lugar errado e na hora errada. Foi o que provavelmente aconteceu com uma mulher de 23 anos que morreu após ser baleada 24 vezes, na noite dessa segunda-feira (9), em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os tiros eram para o namorado da vítima.
De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o alvo de disparos contou que estava em uma casa, localizada na rua São João, no bairro Água Branca, com Angélica Cristina Mendes dos Santos e um amigo deles, um jovem de 20 anos.
Enquanto o trio conversava, bandidos invadiram a residência e começaram a atirar com o intuito de matar o homem. No entanto, ele correu e se escondeu. Já Angélica e o amigo não conseguiram escapar e foram atingidos. As vítimas foram socorridas para o Hospital Municipal de Contagem, mas a jovem não resistiu aos ferimentos. Já o homem, baleado cinco vezes, deu entrada na instituição em estado grave e passou por cirurgia.
Ainda em conversa com militares do 39º Batalhão, o homem contou que os atiradores seriam moradores do aglomerado Vila da Paz e teria desavenças por problemas que não foram resolvidos quando ele era criminoso. Ainda conforme a testemunha, na última semana ela foi vítima de uma tentativa de homicídio, quando levou seis tiros.
Apesar de contar toda história, ele “não soube” informar aos policiais a identificação dos autores dos crimes. Ninguém foi preso e o caso foi encerrado na 2ª Delegacia de Plantão de Contagem.