Marido espanca mulher por ela ter ido a bar com vestido curto em BH

Homem afirmou à polícia que pensou em matar a companheira com uma faca, mas desistiu; agressor também disse que já responde por oito homicídios

O Tempo

Uma mulher de 34 anos foi espancada pelo marido, na madrugada desta terça-feira (24), no bairro Jonas Veiga, na região Leste de Belo Horizonte, após ir até um bar com um vestido curto, o que desagradou o companheiro.
De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem também de 34 foi preso em casa, na rua Sargento João Ovídio, e contou a seguinte história: a briga começou após a vítima retornar para casa. Ao ser questionada em relação à roupa, a mulher teria dito que “ia pra onde quisesse e com a roupa que quisesse”. Em seguida, ela teria agredido o marido.
Ele revidou, deu uma cotovelada no rosto da dona de casa, que caiu no chão. Não satisfeito, o agressor ainda pisou na cabeça da companheira. Logo depois, ele chegou a pegar uma faca para matá-la, mas desistiu.
Ainda conforme o homem, em outra briga ele também teve vontade de assassinar a companheira. O criminoso ainda informou que responde por oito homicídios, informação não confirmada pela polícia. A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Seu estado de saúde não foi divulgado.
Para os militares do 22º Batalhão, ela confirmou a versão do marido. Ele foi encaminhado à Delegacia de Mulheres.