"Impotência e revolta", fala tia de adolescente morto na Imigrantes no Litoral Paulista

Jovem morreu após ser atingido por uma pedra durante tentativa de assalto

A Tribuna On-line


Carro onde estava a vítima ficou destruídos após choque com pedra (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)

A tia do adolescente de 17 anos, que morreu após ser atingido por uma pedra durante tentativa de assalto na Rodovia dos Imigrantes, fala em "revolta" e "sensação de impotência" ao lembrar do crime, ocorrido na noite de quinta-feira (26). Nesta manhã, ela esteve no Instituto Médico Legal (IML) de Santos para liberar o corpo do jovem, que será sepultado em um cemitério em Itapecerica da Serra.
"É uma sensação de revolta, de fraqueza, da gente se sentir impotente. A gente não pode fazer nada", disse Rosane Lima de Souza. Ela lembra que passava feriados e finais de semana com o sobrinho, Reinaldo Lima Junior que gostava de aproveitar os momentos de lazer com a família. "Ele curtia a praia, o videogame. No momento, estava estudando, estava na faculdade de informática", lembra.
Jovem vinha de São Paulo para passar o feriado
prolongado com a tia, em Santos (Foto: Reprodução)
Rosane conta que o sobrinho, que mora no interior, costumava descer e subir a Serra sempre durante a manhã. Desta vez foi diferente: ele escolheu o período noturno para seguir viagem ainda durante o feriado de Corpus Christi. "Foi quando ocorreu essa brutalidade. Os guardas falam que não ficam ali parados esperando por ninguém". O carro onde o jovem estava era guiado por um motorista particular.
Ela também relatou que não esperava que o sobrinho estivesse muito machucado quando recebeu a ligação do Pronto Socorro de Cubatão, por volta das 22h30. "O hospital liga e você chega lá achando que é um raladinho. Como era um Pronto Socorro, a gente achou que era coisa mais leve. Aí descobre que o parente faleceu", disse. O jovem tinha no pescoço um colar com os contatos telefônicos. 
O corpo do Reinaldo Lima Junior foi levado para o IML de Santos, onde foi reconhecido por familiares. Durante a manhã desta sexta-feira (27), ele foi levado para o Itapecerica da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com a tia, o corpo será sepultado no Cemitério Horto da Paz, localizado na Rodovia Régis Bittencourt, no Km 290. 
Assalto com pedras 
Reinaldo foi a única vítima fatal de uma série de tentativas de assaltos ocorridos na Rodovia dos Imigrantes no período noturno. Criminosos tentaram parar veículos ao jogar pedras e colocar troncos de árvores na rodovia. Outras pessoas ficaram feridas e tiveram os carros danificados. Os casos foram registrados na Delegacia Sede de Cubatão. A Polícia Militar Rodoviária disse que estrada estava com policiamento.
Pedra foi jogada por criminosos e atingiu cabeça da vítima, de 17 anos (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)

Corpo do garoto foi liberado na manhã desta sexta-feira (27) (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)