Dois homens se envolve em uma desavença e acabam presos por porte ilegal de arma e roubou, entenda o caso


(Foto Polícia Militar Divulgação)

Nesta quinta (5), policiais militares da cidade de Formiga/MG compareceram na Comunidade de Grota, local onde funciona uma comunidade terapêutica, um dos internos daquele estabelecimento de recuperação, disse que um vizinho da unidade terapêutica, havia adentrado no local portando uma arma de fogo tipo pistola semiautomática na mão, dizendo que aquela arma seria para matar os bandidos que haviam entrado em sua casa. O interno disse que se sentiu ameaçado pelo tal vizinho tendo ele então solicitado uma providencia policial referente ao fato. Os policiais estiveram na casa do suspeito e realizaram busca/vistoria no imóvel bem como adjacências, porém, nenhuma arma foi encontrada.
Mas com a saída da guarnição do local, o interno, até então solicitante, indignado pelo fato de não ter sido encontrada a citada arma, passou a proferir palavras de baixo calão no local, ocasião em que foi advertido pelo presidente da unidade terapêutica sobre sua conduta.
Que ao ser informado de que seria desligado do local, caso ele mantivesse a postura contrária à unidade terapêutica, o interno, agora autor, pegou uma tesoura e tentou atingir o presidente do referido estabelecimento de recuperação (vítima), tendo ele que correr e se trancar no quarto para não ser atingido.
Após outros internos conversarem com o autor, a vítima saiu do quarto e adentrou em seu veículo, ocasião em que o autor percebeu a sua saída e se apoderou de um pedaço de madeira e tentou agredi-lo. Quando o autor percebeu que a vítima iria sair com seu veículo, ele fechou rapidamente a porteira do local, momento em que a vítima colidiu com a porteira e fugiu com seu carro.
Os militares retornaram ao local onde realizaram a prisão do interno/autor e durante conversa com outros internos, a guarnição foi informada de que o autor após as agressões na vítima, ameaçou outro interno que estava com as chaves da motocicleta da unidade, roubando a moto e saindo do local. Que o autor se deslocou até a casa de um desafeto seu e também o agrediu.
Um outro interno, aproveitou ausência do autor e, pegou a moto e devolveu na unidade terapêutica. A guarnição deslocou-se até a casa do suspeito de ser proprietário da tal arma de fogo e após conversar com ele, os policiais conseguiram localizar e apreender uma pistola semiautomática calibre 22, efetuando também a sua prisão. O interno/autor também foi localizado e preso em flagrante pelos policiais militares.

Os autores foram conduzidos presos para a Delegacia junto com a arma de fogo e demais objetos apreendidos, onde a autoridade policial ratificou a prisão do autor dono da arma por ilegal de arma de fogo e autuou o interno/autor pela pratica do crime de Roubo da motocicleta.