Trezentos e quarenta novos ônibus vão começar a circular em Belo Horizonte nos próximos dias. Os veículos, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH), vão substituir coletivos mais velhos que serão retirados das ruas da capital.
Com a renovação, que atingirá 11,53% da frota dos atuais 2.947 ônibus em operação, o Setra espera trocar todos os veículos até o fim deste ano. Os novos coletivos têm elevador para atender os usuários com mobilidade reduzida e pessoas com deficiência.
Além disso, os ônibus possuem câmeras, GPS e GPRS que monitoram o interior dos carros e a localização dos veículos. Assim, os passageiros podem utilizar o aplicativo Siu Mobile, que possibilita aos usuários prever a chegada dos ônibus nos 9.200 pontos da cidade.
"A renovação ocorrerá nas garagens de todas as 40 empresas que operam o sistema de transporte coletivo municipal e em praticamente todas as 341 linhas", garantiu o sindicato.
Em média são realizadas mensalmente 730 mil viagens, percorrendo 14 milhões de quilômetros e transportando 36 milhões de usuários todo mês.
Padrões
Ainda segundo o Setra, todos os ônibus foram fabricados com a tecnologia Euro 5, que diminui em 60% as emissões de óxido de nitrogênio e em 80% as emissões de material particulado, a fuligem. 
O sindicato também informou que os testes do ônibus elétrico chinês BYD K9 foi prorrogado até o final de junho. O veículo foi colocado em teste pela Viação Torres nas linhas Goiânia A (5503A) e Nova Vista/Sion (9105) no final de dezembro de 2015.