Greve dos servidores de Divinópolis continua; Veja a reportagem

TV Candides
Mesmo após conversa com o chefe do executivo, o prefeito Vladimir Azevedo, os servidores municipais,  decidiram de forma unânime que a greve continua. Essa foi a decisão tomada em assembleia no fim de semana. Os servidores se mantiveram firmes para obterem o direita a recomposição da inflação de 11,27%. O percentual colocado pela categoria, já foi rebatido pelo prefeito diversas vezes por causa da situação econômica do município.
A prefeitura já fez uma proposta de 3% de aumento salarial, sendo 1,5% agora em maio e o restante em dezembro. Além da correção do vale refeição de R$ 7,00 para R$ 10,00 em  maio e de R$ 12,00 em dezembro. A proposta foi rejeitada pela categoria. Por entender que a greve é ilegal, o município acionou a justiça. O TJMG catou a liminar e ordenou o retorno de todos os profissionais da saúde.
Com a decisão de manter o movimento, as escolas municipais permanecem com as atividades suspensas. A interrupção das aulas, já atinge cerca de 30 dias.