Funcionário é encontrado morto na sede da Apple

Até o momento, a polícia que investiga o caso considera como um "incidente isolado"; empresa não se manifestou sobre o ocorrido

AFP

Apple em Nova York

Um funcionário da Apple foi encontrado morto nesta quarta-feira (27) em uma sala de conferências da sede da companhia no Vale do Silício - um caso que a polícia investiga e considera como um "incidente isolado".
Agentes do gabinete do xerife de Santa Clara receberam um telefonema do campus principal da Apple na cidade californiana de Cupertino, no Vale do Silício, para investigar informações sobre "um corpo em uma sala de conferências com uma pistola", segundo uma troca de mensagens policiais disponível on-line.
Um porta-voz do xerife, citado pelo jornal San Jose Mercury News, disse que os agentes encontraram um "homem morto" e que não havia riscos para mais ninguém no campus ou para o público.
Ao serem contatados pela AFP, nem a Apple, nem o gabinete do xerife quiseram fazer comentários.